terça-feira, 7 de julho de 2015

A CRISE ESTA NA SUA VISÃO... EM GUARULHOS VOCÊ JÁ PODE POUSAR...



Cat

Ao ler uma matéria veiculada no meio aeronáutico, divulgando que o Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP) recebeu Certificação Especial para pousos restritos, resolvi trazer uma reflexão para o nosso cotidiano e atual situação no País.

Assim foi divulgado:

 “Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) certificou o Aeroporto de Guarulhos para operações de pousos por ILS (Instrument Landing System), Categoria IIIA, permitindo que ele realize operações em condições meteorológicas adversas, o que garante mais tempo de operacionalização.
O aeroporto foi o primeiro no Brasil a receber a certificação, e com ela serão alterados os parâmetros mínimos de teto e visibilidade para pousos, diminuindo a restrição às aeronaves e às tripulações capacitadas, além da necessidade de alternar voos para outras localidades”. (Fonte: Karina Cedeño, Panrotas)
Ao ler estas poucas linhas dessa matéria, gerou-me uma reflexão associada ao nosso momento de “crise” no país, assim percebida por muitos brasileiros. Onde será que esta palavra não esta relacionada à forma como identificamos nossas dificuldades ou mesmo a falta de oportunidades?
Pousar em situações restritas, não é exatamente o que nós pilotos pensamos em enfrentar todos os dias, mas temos que estar constantemente sendo treinados e preparados para que esta situação ocorra a qualquer momento, pois está diretamente relacionado a previsões do tempo que mudam constantemente.
Gostaríamos de voar apenas em “Céu de Brigadeiro”, com a beleza de um lindo sol e nada mais incomodando, além de paisagens maravilhosas, mas isso nem sempre é possível, por termos que cumprir horários e escalas.
Agora, você, nós brasileiros, empreendedores, guerreiros, que temos potencial para superar várias crises, outras crises que já aconteceram no nosso país, vamos nos deixar abater por essa neblina passageira?
Conforme o texto acima, as pistas do aeroporto de Guarulhos podem operar em condições meteorológicas adversas para maior tempo de operacionalização. Isto nos mostra que não precisamos mais parar as nossas vidas, tão menos desacreditarmos de nossas chegadas e partidas, por estarmos preparados e seguros, por uma tecnologia implantada, a nosso favor.
Além disso, a visibilidade mínima e de teto diminuíram ainda mais com esta nossa operação, diminuindo a restrição de aeronaves e tripulações capacitadas, em outras palavras, por mais obscura e fechada que esteja a economia, se você estiver pronto e seguro para pousar e decolar com sua tripulação, totalmente treinada e capacitada, não precisará inclusive mudar destinos e direcionar voos para outras localidades.
Esse talvez seja o grande “segredo” do momento, investir em treinamento, sua capacitação e de sua equipe, se preparar, inovar e ver novas oportunidades para o crescimento e assim atingir as metas, haja vista que, tudo depende diretamente do nosso potencial, nossos objetivos claros e traçados e, seguramente estaremos prontos para enfrentar essa neblina passageira.

Cmte. Lombardi
Consultor e Palestrante
FAV - Força Aérea de Vendas